Cuidados essenciais que devemos ter nas cachoeiras e rios

O esporte na vida de Crianças e Adolescentes
23 de setembro de 2016
Obesidade e Impacto na Coluna Vertebral
10 de outubro de 2017

Cuidados essenciais que devemos ter nas cachoeiras e rios

cuidados cachoeira fraturas

Minas Gerais é um estado conhecido pela suas belezas naturais e as cachoeiras são uma atração a parte. Apesar de parecerem inofensivas, não são raros os relatos de acidentes nas mesmas. Acidentes que variam desde pequenas quedas a óbitos são descritos nesse ambiente. Vale a pena ressaltar as fraturas de coluna que ocorrem como conseqüência a quedas, essas lesões podem ser fatais e/ou causarem danos irreversíveis.

Muitos freqüentadores de cachoeiras desconhecem os riscos e se aventuram com a subida em pedras escorregadias ou saltos. Se engana quem considere que um salto é seguro, pois no decorrer de um tempo, tocos e/ou pedras podem se deslocar e ficar na posição da queda. Normalmente é muito difícil visualizar o fundo das cachoeiras.

lesão mergulho cachoeirasEssas aventuras podem terminar com um trauma que resulte em fraturas da coluna, condições que a medicina descreve como “ mergulho em águas rasas”. Alguns trabalhos apontam que os acidentes em aguas rasas foram a terceira ou quarta causa de fratura da coluna cervical. Na maioria das vezes ocorre em adultos jovens e do sexo masculino.

A coluna cervical freqüentemente é acometida nessas situações. Essa região da coluna é a mais frágil, pois não tem a proteção da caixa torácica e do abdômen, tornando-se portanto vulnerável a fraturas-luxação. A coluna vertebral cervical além de fornecer apoio a cabeça, protege a medula. Lesões a esse nível podem acometer a medula e conseqüentemente ocasionar danos neurológicos graves e muitas vezes irreversíveis, essas lesões são denominadas de trauma raqui-medular (TRM) . Quando ocorre TRM que ocasione um déficit de motricidade e sensibilidade total, ou seja não existe sensibilidade e movimento abaixo da lesão da medula esse é um TRM completo. Essas lesões são extremamente graves, pois muitas vezes são irreversíveis. Apresentam uma alta taxa de morbidade e mortalidade. Quando ocorrem na coluna cervical desencadeiam um quadro de tetraplegia e quando ocorrem entre a primeira vértebra cervical e a quarta vértebra ocasionam insuficiência respiratória, pois causa a paralisia do diafragma, sendo necessário suporte respiratório definitivo.

lesão mergulho de cabeçaA repercussão na vida do individuo é extrema, pois representa uma nova forma de convivência com a realidade, o que impõe uma nova visão do mundo, quanto às expectativas. Importante que os mais freqüentemente acometidos por essa tragédia são adultos jovens, que tem uma longa expectativa de vida.
Os custos para sociedade são enormes. Custos diretos referentes ao tratamento desses pacientes e reabilitação dos mesmos e custos indiretos, pois muitas vezes são pacientes incapacitados para exercerem atividades profissionais. Além de ser necessária reintegração a sociedade, muitas vezes se faz necessária readaptação física e psicológica à nova realidade.

Infelizmente, precisamos evoluir bastante no cuidado desse pacientes. Desde o atendimento inicial quanto os centros especializados em hospitalização e reabilitação precisam se aperfeiçoar constantemente.

Quando se avalia a gravidade da situação e o impacto, observa-se que a prevenção é a melhor opção. Trata-se de uma condição séria que deveria ser tratada como uma das prioridades das medidas de saúde pública. Os avisos são ineficientes, uma vez que diversas vezes, são desobedecidos. Alguns estudos com pacientes tetraplégicos e vitimas de mergulho em águas rasas revelou que a preocupação maior era no sentido de afogamento e não quanto a possibilidade de fratura da coluna cervical, caracterizando a desinformação. Campanhas de informação vinculadas na mídia e policiamento em áreas de risco se fazem necessários.